segunda-feira , 23 de outubro de 2017
Últimos Posts
Capa / Categoria Padrão / 5 razões para usar Linux em seu desktop
5 razões para usar Linux em seu desktop
linux

5 razões para usar Linux em seu desktop

Eu posso estar errado, mas eu tenho a impressão que meus amigos que usam Windows – que representam a maior parte das pessoas hoje em dia – pensam que o Linux é um sistema operacional incrivelmente nerd de outro planeta. Eu acho que a maioria deles não entendem por que eu uso Linux e por que eu não fico no mundo conhecido – que para eles significa Windows.

Paradoxalmente, no entanto, eles entendem por que algumas pessoas usam Mac. Entretanto, quebrar as amarras do Windows é relativamente simples, a maioria de nós utiliza o sistema Linux porque ele é superior aos demais sistemas operacionais, incluindo o Windows e o OS X – até mesmo incluindo Unix e o BSDs. Isto é um fato, não uma opinião. Existem muitas razões pelas quais o Linux é utilizado na maioria dos servidores do mundo e nas maiores empresas, e como um exemplo de onde esta teoria da redistribuição atualmente funciona, ela se estende para os Desktops.

Claro que apenas reivindicar a superioridade não é o suficiente para convencer as pessoas, então aqui minha lista de 5 razões para se utilizar Linux:

1- Ele é livre: Muitas pessoas têm problemas em entender por que esta razão está no topo da lista. Eles entendem a parte que ele é gratuito, mas o ponto mais sutil da liberdade de software parece ser incompreensível para eles. Quando eu lhes digo que os usuários do Linux são livres para olhar e modificar o código da maneira que quiserem, eles não valorizam de forma alguma, evidentemente pensando que como eles não são programadores, isto não faz diferença alguma. Bem, a cada dia, muitas pessoas estão modificando o Linux por uma razão ou outra, normalmente para suprir suas necessidades, e às vezes estas mudanças são passadas a diante e incorporadas a distribuição Linux, melhorando a experiência de todos os usuários.Para resumir a Liberdade de software em poucas palavras: Software livre como o Linux é seu para fazer o que quiser, com nenhuma restrição estabelecida por qualquer acordo de licenciamento. A única coisa que você não é livre para fazer? Restringir a liberdade dos outros.

2- Ele é simples de usar: Esta declaração irá provavelmente deixar as pessoas que nunca tentaram utilizar o Linux com uma pulga atrás da orelha. Não é assim para aqueles que usam o Linux diariamente. Atualmente o uso da maioria das distribuições Linux não é mais difícil do que utilizar Windows ou o OS X – até mais fácil quando você aprende alguns truques para fazer o sistema operacional fazer exatamente o que você quer da maneira que você quer. Já se foram os dias que você precisava ser um expert em computação para conseguir usar o Linux – embora conhecimentos em computação vem a calhar independente do sistema operacional que você está usando.

3 – Ele é estável e seguro: Tudo bem, o Windows está muito mais estável do que era antes, mas a estabilidade ainda é um problema para os usuários do Windows que ocasionalmente ainda precisam reiniciar para corrigir um problema de estabilidade. E é verdade que se você trabalhar com ele, você pode ficar em pânico com o Linux, mas eu não me lembro a última vez que isto aconteceu. Quanto à sua segurança, qualquer distribuição Linux, faça a sua escolha, é mais segura que o Windows ou OS X, mesmo sem possuir um antivírus. Ele não é completamente livre de problemas de segurança – nenhum sistema operacional é – mas falhas de segurança no Linux geralmente não são tão graves e são corrigidas mais rapidamente do que qualquer outro sistema operacional de nome. Adicionalmente, os usuários de Linux obtêm a maioria dos seus softwares através de repositórios de software e não precisam depositar sua confiança em algum site de download operado por ninguém sabe quem.

4 – Softwares livres e de código aberto: Claro que atualmente você pode instalar muitos softwares livres e gratuitos no Windows, assim como muitos softwares proprietários foram portados para o Linux. Mas executar um software livre no Windows é semelhante a construir um castelo em um bairro próximo a um Lixão. A maioria dos dias vai dar tudo certo, mas quando der problema – já era!. O que há de tão especial sobre os sofwares livres? Bem, é grátis, fácil de usar, geralmente estável, seguro e versátil – as mesmas coisas que fazem do Linux especial.

5- Ele é versátil: Eu não poderia começar a fazer uma lista para ilustrar as maneiras que o Linux é versátil – pelo menos não uma que seria compreensível para aqueles que estão acostumados a usar um sistema em que normalmente há apenas uma maneira de fazer as coisas – assim eu vou ficar com o mais óbvio: a área de trabalho. A área de trabalho do Windows é praticamente definida por apenas um tamanho para tudo. Não é verdade com Linux, onde há muitas áreas de trabalho para escolher. E estes não são apenas os skins ou temas, oferecendo um olhar diferente, mas com exatamente a mesma funcionalidade. As áreas de trabalho do Linux são completamente diferentes uma das outras, cada uma oferecendo sua própria experiência. Trabalhando com um computador antigo, com um processador lento e não muito memória? Há áreas de trabalho para isso. Você tem um computador moderno, com uma abundância de recursos? Existem áreas de trabalho para ele. Você gosta de uma série de sons e quer um computador onde absolutamente tudo pode ser configurado ao seu gosto? Há áreas de trabalho para isso também.

Existem dezenas de outras razões para usar o Linux como sistema operacional em seu PC, estas 5 são apenas uma pequena amostra do que o Linux é capaz.

Eu posso estar errado, mas eu tenho a impressão que meus amigos que usam Windows – que representam a maior parte das pessoas hoje em dia – pensam que o Linux é um sistema operacional incrivelmente nerd de outro planeta. Eu acho que a maioria deles não entendem por que eu uso Linux e por que eu não fico no mundo conhecido – que para eles significa Windows. Paradoxalmente, no entanto, eles entendem por que algumas pessoas usam Mac. Entretanto, quebrar as amarras do Windows é relativamente simples, a maioria de nós utiliza o sistema Linux porque ele é…

Review Overview

Score

Avalie

User Rating: 4.55 ( 1 votes)
97

Sobre Lino Neto

Lino Neto
Bacharel em Sistemas de Informação pela Maurício de Nassau e com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Trabalhou por 11 anos na Oi e na Embratel atuando como analista de qualidade, coordenador de qualidade, gerente de Assistência Técnica e, por fim, como gerente de operações de dados na Oi. Atualmente trabalha no grupo João Santos como analista sênior de TI.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>