quinta-feira , 24 de agosto de 2017
Últimos Posts
Capa / Principal / Gadgets / Maldrone – O Primeiro Backdoor para Drones
Maldrone – O Primeiro Backdoor para Drones

Maldrone – O Primeiro Backdoor para Drones

Maldrone – O Primeiro Backdoor para Drones

O mercado dos Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs ou Drones) tem crescido exponencialmente nos últimos meses, sendo uma das maiores sensações do momento. Drones são equipados para resistir a trabalhos pesados em ambientes hostis, podem ter diversas utilidades.

Segundo a Wikipedia, os VANTs ou drones foram idealizados para fins militares. Inspirados nas bombas voadoras alemãs, do tipo V-1, e nos inofensivos aeromodelos rádio-controlados, estas máquinas voadoras de última geração foram concebidas, projetadas e construídas para serem usadas em missões muito perigosas para serem executadas por seres humanos. Esses drones são controlados a distância por meios eletrônicos e computacionais, sob a supervisão e governo humanos, ou sem a sua intervenção, por meio de Controladores Lógicos Programáveis (CLP).

Segundo a TheHackerNews, recentemente, Rahul Sasi, um pesquisador especialista em segurança encontrou um Backdoor no Parrot AR Drones 2.0, fabricado por uma empresa com sede na França. É a primeira vez que encontram um código malicioso para drones, chamado de Maldrone, o programa explora uma vulnerabilidade onde o Maldrone mata todos os controladores do drone fazendo com que os motores parem e o drone caia.

Backdoor – Em português (“porta dos fundos”), são programas maliciosos que dão ao seu criador o controle total do equipamento infectado.

O pesquisador gravou um video para demonstrar com maiores detalhes o funcionamento do ataque ao drone:

Rahul Sasi passou cinco meses fazendo uma engenharia reversa no programa do Parrot AR Drones 2.0 e desenvolveu o Maldrone. Sasi recomenda que os fabricantes dos drones realizem severas auditorias de segurança.

Sobre Alan Oliveira

Alan Oliveira
Bacharel em Sistemas de Informação, com Pós Graduação em Segurança de Redes e Sistemas. Trabalho como Analista de Suporte há 8 anos. Certificação Itil, LPIC-3, ISO/IEC 27002, ISO/IEC 20000, CompTIA Security+ e RHCE (Red Hat Certified Engineer).

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>