quarta-feira , 20 de setembro de 2017
Últimos Posts
Capa / Principal / Plataformas / Corporativo / Red Hat desenvolverá aplicativos móveis corporativos
Red Hat desenvolverá aplicativos móveis corporativos
Red Hat - Aplicativos móveis

Red Hat desenvolverá aplicativos móveis corporativos

A Red Hat entende que o desenvolvimento de uma aplicação móvel não é o mesmo que construir um aplicativo para a área de trabalho, razão pela qual a empresa tem aumentado sua linha de softwares com novas tecnologias para o desenvolvimento de aplicativos móveis.

“A arquitetura Web está dando lugar a uma arquitetura móvel emergente”, disse Cathal McGloin, vice-presidente de plataformas móveis da Red Hat. Assim como a IBM e Oracle, a Red Hat vem trabalhando para ampliar seu portfólio de software da empresa para que ele possa suportar aplicativos móveis, bem como, particularmente aqueles em que os seus clientes possam desenvolver em casa.

A empresa disse terça-feira que concluiu a integração em seu próprio portfólio de software da plataforma móvel que adquiriu quando comprou a FeedHenry em outubro do ano passado. Ela traçou como as empresas poderiam utilizar estas tecnologias para construir aplicações móveis.

Cerca de 51% das organizações pesquisadas pela empresa de análise de TI “451 Research” estão aumentando os seus orçamentos para o desenvolvimento para celulares este ano. Muitos enfrentam desafios, dado que os métodos de desenvolvimento de software tradicionais não funcionam bem, para o mundo em rápida evolução, do desenvolvimento móvel.

Diferentes dispositivos móveis exigem diferentes interfaces de usuário. Usuários estão esperando aplicações móveis mais fácieis de usar. Aplicativos móveis também devem evoluir mais rapidamente para ficarem a par da concorrência.

Para as empresas, o desenvolvimento de aplicações móveis para clientes ou funcionários pode ser uma tarefa exigente, especialmente quando os programas precisam ser perfeitamente conectados com sistemas back-end complexos.

A Red Hat quer ajudar a unir os mundos de aplicativos móveis e sistemas back-end de registro.

“O papel da TI é a introdução de novas tecnologias de desenvolvimento ágil para complementar a capacidade de executar os sistemas existentes”, disse McGloin, que é também o ex-CEO da FeedHenry.

A plataforma móvel FeedHenry é projetada para reduzir o trabalho necessário para manter aplicações móveis, incluindo tarefas em torno de sincronização de dados, caching e segurança.

Para os serviços de nuvem baseados em aplicações móveis, a empresa estabeleceu uma única arquitetura com base em um conjunto de APIs, permitindo que aplicações diferentes se comuniquem entre si.

O ambiente de desenvolvimento integrado da Red Hat (IDE), o JBoss Developer Studio, pode ser usado para criar aplicativos que rodam em FeedHenry.

A plataforma FeedHenry foi ampliada com ferramentas adicionais para Gestão móvel – Application Lifecycle (ALM)- e colaboração, permitindo que as equipes de desenvolvimento de software testes rapidamente seus códigos, através de novas versões de um aplicativo móvel.

A Red Hat também se associou ao software FeedHenry com o seu próprio conjunto de serviços de plataforma, o OpenShift, permitindo que as organizações executem seus aplicativos móveis dentro de um serviço de nuvem.

Essa integração também permite que os clientes da empresa executem aplicativos móveis a partir de suas próprias nuvens privadas.

Uma parte dos clientes da Red Hat já estão usando a tecnologia móvel para construir aplicações móveis, disse McGloin.

Fonte: PCWorld

A Red Hat entende que o desenvolvimento de uma aplicação móvel não é o mesmo que construir um aplicativo para a área de trabalho, razão pela qual a empresa tem aumentado sua linha de softwares com novas tecnologias para o desenvolvimento de aplicativos móveis. "A arquitetura Web está dando lugar a uma arquitetura móvel emergente", disse Cathal McGloin, vice-presidente de plataformas móveis da Red Hat. Assim como a IBM e Oracle, a Red Hat vem trabalhando para ampliar seu portfólio de software da empresa para que ele possa suportar aplicativos móveis, bem como, particularmente aqueles em que os seus clientes…

Review Overview

Score

Avalie

User Rating: Be the first one !
91

Sobre Lino Neto

Lino Neto
Bacharel em Sistemas de Informação pela Maurício de Nassau e com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Trabalhou por 11 anos na Oi e na Embratel atuando como analista de qualidade, coordenador de qualidade, gerente de Assistência Técnica e, por fim, como gerente de operações de dados na Oi. Atualmente trabalha no grupo João Santos como analista sênior de TI.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>