segunda-feira , 23 de outubro de 2017
Últimos Posts
Capa / Principal / Plataformas / Nuvem / Vídeos em 4k serão hospedados no Youtube
Vídeos em 4k serão hospedados no Youtube
Vídeos em 4k no Youtube

Vídeos em 4k serão hospedados no Youtube

Parece que a adoção de vídeos em 4K está ficando cada vez mais real, agora foi o YouTube que decidiu aderir ao movimento. Embora alguns usuários possuam o hardware necessário para apreciar plenamente a tecnologia, os fabricantes de TV, em particular, estão pressionados pois ainda existe uma enorme barreira para a popularização dessa nova tecnologia, a falta de conteúdo. Oferecer vídeos em 4K também poderia ajudar o YouTube a se destacar e ganhar força em seu conteúdo premium.

O YouTube anunciou na sexta-feira (27/03) que iria começar a apoiar um projeto de conteúdo de vídeos em 4K (Ultra High Definition). O YouTube divulgou oficialmente a notícia via TestTube , uma incubadora de novos recursos inventada por seus chamados “cientistas loucos”.

Desenvolvedores do YouTube postaram seis vídeos experimentais que podem ser transmitidos em até 2160p – essencialmente uma resolução de 3.840 x 2.160. Os vídeos suportam 60 frames por segundo, e, portanto, são mais nítidas e mais suave do que as taxas de quadros comuns de 24fps e 30fps.

Hardware diferenciado

Para apreciar o conteúdo de vídeo em toda a sua qualidade, os telespectadores precisam ter um hardware de computador, incluindo um monitor, que suportem resolução de 4K. No entanto, os seis vídeos ainda podem ser vistos usando equipamentos comuns, embora a uma taxa de resolução e de quadros mais baixa. Confiram os vídeos abaixo:

“Definitivamente, no momento, é voltado principalmente para amadores”, disse Joel Espelien , analista sênior do The Diffusion Group.

Será necessário ultrapassar outros obstáculos para assistir os vídeos em 4K em uma TV.

Isso vai exigir “um aplicativo do YouTube atualizado rodando nativamente em uma TV 4K inteligente”, disse Espelien a TechNewsWorld.

“Nenhum dos “set up box” atuais, existentes no mercado, suportam 4K”, observou ele, “mas devemos ficar de olho no novo Apple TV que será lançado no ​​final do ano. Se ele suportar 4K, será um divisor de águas para aplicativos de vídeos em 4K.”

Um passo a frente

A tecnologia 4K tem sido apontada como o próximo passo na evolução de vídeo. No entanto, dado que a transição da TV analógica para a digital, que incluiu o lançamento HDTV, foi concluída há apenas cinco anos, é pouco provável que as redes de transmissão e de cabo estejam ansiosas para mudar novamente com um upgrade para 4K.

No entanto, serviços de streaming on-line e serviços de televisão por assinatura via satélite, mesmo agora, estão explorando ativamente vídeos em 4K.

“4K não é uma necessidade imediata para qualquer serviço de vídeo por si só”, disse Greg Ireland, diretor de pesquisa de vídeo multiscreen da IDC.

“O YouTube pode continuar sem ele, Netflix também”, disse ele a TechNewsWorld.

“No entanto, 4K é uma outra faceta da experiência geral do consumidor – ou potencial experiência do consumidor – e serviços que buscam ficar estabelecido como líderes de mercado vão querer estar na vanguarda entre essas facetas – e o 4K está incluído “, acrescentou Ireland.

Adoção do 4K

Fabricantes de TV estão empurrando seus produtos com suporte à 4K há um certo tempo e acabou criando um cenário “da galinha e do ovo” em que a adoção de um novo produto está ligado a conteúdo, e o conteúdo é limitado devido à adoção do produto insuficiente.

“Com os preços de TVs 4K continuando a cair e a visibilidade crescente no varejo e nos meios de comunicação de massa, fornecedores de conteúdos em 4K tem uma oportunidade ímpar de ganhar uma vantagem competitiva e atrair os olhos consumidores exigentes na adoção de vídeos em 4K”, explicou Ireland.

“Vimos isso nos primeiros dias do HDTV com certos fornecedores de tv por assinatura, como a DirecTV, tiveram um período de diferenciação significativa na competição de tv a cabo”, lembrou ele.

“Para os serviços baseados na Web, existem menos barreiras do que com serviços de televisão por assinatura tradicionais, que necessitam de disposição a exigência de largura de banda para oferecer canais 4K ou conteúdo on-demand”, apontou Ireland.

Oferecendo vídeos em 4K o YouTube poderá se destacar e ganhar força no momento em que ele mais precisa.

Fonte: TechNewsWorld

Parece que a adoção de vídeos em 4K está ficando cada vez mais real, agora foi o YouTube que decidiu aderir ao movimento. Embora alguns usuários possuam o hardware necessário para apreciar plenamente a tecnologia, os fabricantes de TV, em particular, estão pressionados pois ainda existe uma enorme barreira para a popularização dessa nova tecnologia, a falta de conteúdo. Oferecer vídeos em 4K também poderia ajudar o YouTube a se destacar e ganhar força em seu conteúdo premium. O YouTube anunciou na sexta-feira (27/03) que iria começar a apoiar um projeto de conteúdo de vídeos em 4K (Ultra High Definition).…

Review Overview

Score

Avalie

User Rating: Be the first one !
94

Sobre Lino Neto

Lino Neto
Bacharel em Sistemas de Informação pela Maurício de Nassau e com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Trabalhou por 11 anos na Oi e na Embratel atuando como analista de qualidade, coordenador de qualidade, gerente de Assistência Técnica e, por fim, como gerente de operações de dados na Oi. Atualmente trabalha no grupo João Santos como analista sênior de TI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>