sábado , 24 de junho de 2017
Últimos Posts
Capa / Principal / Plataformas / VPS – (Virtual Private Server) – Conceito
VPS – (Virtual Private Server) – Conceito
vps - Virtual Private Server

VPS – (Virtual Private Server) – Conceito

VPS

O Termo VPS significa Virtual Private Server, em português Servidor Dedicado Virtual, é o mesmo que VM (Virtual Machine, ou máquina virtual).

Analisando cada palavra:

Servidor – Porque o VPS tem as mesmas características de um servidor dedicado(SD/Servidor Físico), atuando nos mesmos papeis que caberiam a um deste: banco de dados, webserver, etc.

Virtual – Porque não é físico. Ou seja, um servidor físico (dedicado) é subdividido em duas ou mais máquinas virtuais que se tornam independentes (embora ainda vinculadas ao servidor físico, chamado de node).

Privado – Porque essas máquinas virtuais são, independentes, autônomas, tendo seu próprio hardware virtual (como placas de rede, memórias, discos, etc), o que provê isolamento dos dados armazenados em cada VM que não ficam disponíveis para as outras máquinas.

VPS é um servidor extremamente robusto, dividido por várias máquinas virtuais através de técnica de virtualização, como VmWare, Xen. Permite hospedar sites, lojas online, gestores de conteúdo, FTP, aplicações WEB, como wiki, extranet, portal entre outros.

Cada uma dessas máquinas virtuais roda como uma máquina real, permitindo tratá-la como um servidor dedicado, é um serviço modular, ou seja, permite expandir os recursos computacionais, como CPU e memória ram, veja um exemplo de diagrama:

Diagrama VPS

Diagrama VPS – Virtual Private Server

Veja alguns dos benefícios da VPS:

– Gerenciamento centralizado: dependendo da solução de virtualização utilizada, fica mais fácil monitorar os serviços em execução, já que o seu gerenciamento é feito de maneira centralizada;

– Segurança e confiabilidade: como cada máquina virtual funciona de maneira independente das outras, um problema que surgir em uma delas – como uma vulnerabilidade de segurança – não afetará as demais;

– Implementação mais rápida: dependendo da aplicação, a virtualização pode permitir sua implementação mais rápida, uma vez que a infraestrutura já está instalada;

– O parque de máquinas é menor: com o melhor aproveitamento dos recursos já existentes, a necessidade de aquisição de novos equipamentos diminui, assim como os consequentes gastos com instalação, espaço físico, refrigeração, manutenção, consumo de energia, entre outros.

A virtualização já deixou de ser uma tendência, já é uma realidade no mundo corporativo, e vem trazendo inúmeras vantagens a todos, já que pela economia de recursos e equipamentos também se trata de uma tecnologia verde.

VPS O Termo VPS significa Virtual Private Server, em português Servidor Dedicado Virtual, é o mesmo que VM (Virtual Machine, ou máquina virtual). Analisando cada palavra: Servidor - Porque o VPS tem as mesmas características de um servidor dedicado(SD/Servidor Físico), atuando nos mesmos papeis que caberiam a um deste: banco de dados, webserver, etc. Virtual - Porque não é físico. Ou seja, um servidor físico (dedicado) é subdividido em duas ou mais máquinas virtuais que se tornam independentes (embora ainda vinculadas ao servidor físico, chamado de node). Privado - Porque essas máquinas virtuais são, independentes, autônomas, tendo seu próprio hardware…

Review Overview

Score

Avalie

User Rating: 4.55 ( 1 votes)
90

Sobre Alan Oliveira

Alan Oliveira
Bacharel em Sistemas de Informação, com Pós Graduação em Segurança de Redes e Sistemas. Trabalho como Analista de Suporte há 8 anos. Certificação Itil, LPIC-3, ISO/IEC 27002, ISO/IEC 20000, CompTIA Security+ e RHCE (Red Hat Certified Engineer).

3 comentários

  1. Parabéns pelo site, conteúdo de ótima qualidade, a gente fica muito satisfeito.

    Também convido a visitar nosso site. É a maghost.

    Grato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>